barresu.gif (2603 bytes)


NEOURETRA E "SLING" APONEURÓTICO NO TRATAMENTO DA INCONTINÊNCIA URINÁRIA FEMININA COMPLEXA

A incontinência urinária decorrente de lesão uretral pode ser classificada como funcional ou anatômica. Na funcional a uretra está intacta, porém a paciente apresenta deficiência intrínseca do esfíncter externo. Na lesão anatômica apresenta perda do tecido uretral, do colo ou trigono vesical. Na maioria das vezes estas lesões estão associadas à cirurgias pélvicas prévias ou são conseqüência de alterações neurológicas.

Apresentamos o vídeo de uma paciente submetida a 5 tentativas prévias para correção de incontinência urinária, sem sucesso, que resultou em perda de tecido uretral (hipospádia iatrogênica). A história clínica revelava perdas urinárias aos mínimos esforços e estudo urodinâmico com "Abdominal Leak point pressure"< 60cm H2O. Demonstraremos a técnica de confecção de uma neouretra, utilizando a parede anterior da vagina, e o "sling" aponeurótico concomitante. Trata-se de uma alternativa de exceção naqueles casos complexos onde houver deficiência esfincteriana de causa funcional e/ou orgânica.

 

index.1.jpg (1480 bytes)

| Resumos Comentados  | Links | Seção Experimental | Novidades | Autores | Apoio |
| Fórum de Discussão | Seção Pôster | Artigos de Revisão | Atualidades | Calendário | Conselho Editorial | Home |