barref.gif (2902 bytes)

Os índices de cura aumentam quando a paciente é orientada a limitar suas atividades físicas habituais por seis a doze semanas após a cirurgia e iniciam exercícios de reabilitação do assoalho pélvico após este período de convalescença. Os cremes com baixa concentração de estrógeno podem e devem ser utilizados a fim de manter o trofismo da mucosa vaginal, favorecendo a manutenção de melhores resultados destas mulheres em longo prazo.